Opinião
Micale caiu no Horto
25 setembro, 2017
0
, ,

A pior atuação desde a chegada de Micale representou a sétima derrota em casa no Campeonato Brasileiro, em um jogo chave: diante do Vitória, o Atlético-MG precisava vencer para provar que poderia brigar mais acima na competição. A derrota deixa a clara impressão de que pensar além da manutenção na Série A é pura perda de tempo. E terminou com mais uma troca no comando. O campeão olímpico não completou o segundo mês de trabalho e a diretoria vai atrás do terceiro técnico em 2017.

 

Atlético-MG, Micale,

Alexandre Guzanshe / EM / DA Press

A atuação foi mais do mesmo. Um gol sofrido no início com o time ainda desligado. Muita posse de bola improdutiva diante de um adversário que se fechou com duas linhas de quatro e se contentou em defender. A primeira finalização demorou para vir e com ela saiu o empate: a única jogada trabalhada com toques rápidos para furar a defesa, contando com a genialidade de Fred no pivô. Na etapa final, jogo morno graças à incapacidade de incomodar o adversário e gols no fim com bolas longas e falhas defensivas. Fatal.

(mais…)

Opinião
Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe
21 setembro, 2017
0
, , , , ,

A maior chance para o Botafogo no Rio Grande do Sul era sair na frente no placar. E não pode reclamar da falta de chances. O time de Jair Ventura fez primeiro tempo de manual na Arena do Grêmio e desperdiçou pelo menos três ótimas chances de abrir o marcador. Concentração no limite, linhas organizadas, marcação alta não deixando os donos da casa saírem com o passe limpo de Arthur. O Botafogo foi muito melhor na etapa inicial e poderia ter encaminhado a classificação.

 

Grêmio, Botafogo, Barrios, Libertadores,

Estadão Conteúdo

Mas veio o segundo tempo e Renato Gaúcho arrumou a casa. Desde o fim da etapa final, diga-se, com a entrada de Éverton no lugar de Léo Moura. O Grêmio abriu o campo, empurrou os visitantes para trás e conseguiu fazer um pouco mais seu jogo, ainda que tenha sentido muito a falta do “seu Messi”. O jogo entre as linhas de Luan seria fundamental diante de um adversário que deixa tão pouco espaço entre elas. O principal mérito do Grêmio foi ter paciência para esperar o cansaço físico e mental de um adversário que esteve sempre no limite. Até o erro defensivo e o gol de Barrios, de cabeça, que definiu a classificação.

(mais…)

Opinião
VAR no Brasil: problema não é quando, é como
20 setembro, 2017
0
, , , ,

A vídeo-arbitragem (VAR) já está se espalhando pelo mundo com sucesso. Ontem, o replay salvou o árbitro no jogo entre Bayern e Schalke pelo Campeonato Alemão. Segundos depois do lance, o juiz foi avisado que Naldo cortou uma bola com a mão na área e o pênalti foi marcado. Na Itália, gols importantes foram anulados no fim de semana usando o mesmo recurso. No Brasil, só foi autorizada após o bizarro erro no fim de semana, com Jô marcando gol de mão a poucos metros de distância do adicional.

 

VAR, Arbitragem, Vídeo, FIFA,

Reprodução – FIFA.com

Desde então, muitas reclamações de imprensa e torcedores de que seria um absurdo a implantação no meio do Campeonato Brasileiro pois “mudaria a regra do jogo”. Um absurdo. Os erros do passado não serão mais corrigidos. Porque deixar de evitar os erros do futuro? As regras serão as mesmas, a única diferença é que serão aplicadas com maior precisão daqui em diante.

(mais…)

Opinião
Galo dá passo importante em direção ao futuro
19 setembro, 2017
0
,

É uma enorme bobagem achar que um projeto de obra com orçamento previsto para mais de 450 milhões de reais não terá defeitos. Assim como é besteira acreditar que sairá tudo como planejado. Quando se investe tanto, é preciso correr riscos. Mas o Galo deu ontem um passo importante em direção ao futuro quando aprovou a construção de seu estádio. Faltam ainda trâmites políticos e burocráticos, mas o projeto deve sair do papel para se tornar realidade no início do ano que vem.

 

Atlético, Estádio, Galo, Arena MRV,

Reprodução – Projeto

O modelo encontrado pelo Atlético para construir sua casa própria, anos depois dos rios de dinheiro público gastos em estádios que dão prejuízo mês após mês, parece de longe o ideal. A princípio não investe dinheiro no clube (ainda que tenha que abrir mão de metade de um ativo importante), terá total controle sobre o estádio após pronto e conseguiu captar um parceiro para os naming rights (ainda que pagando muito menos que o mercado) antes do anúncio oficial, permitindo que nenhum “apelido” sobreponha o nome da Arena.

(mais…)

Opinião
O sucesso do Avaí e os riscos de um futuro reativo
18 setembro, 2017
0
, , ,

Rogério Micale acertou no diagnóstico após o empate por 1 a 1 entre Avaí e Atlético-MG na manhã deste domingo na Ressacada. Em um Campeonato Brasileiro onde os times que tem a bola encontram maiores dificuldades e onde praticamente não há reviravoltas nos placares, a chance de estilos de jogo mais reativos virarem uma tendência é grande. E isto seria muito ruim para o futebol nacional.

 

Avaí, Atlético-MG, Campeonato Brasileiro, Micale,

GUILHERME HAHN/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

Mas não para o Avaí, que como dissemos na semana passada, sabe como ninguém a sua briga na competição. Em grande fase, com a maior invencibilidade do Brasileirão, até começou tentando adiantar as linhas e atacar com os dois laterais ao mesmo tempo para melhorar a produção ofensiva, paupérrima até aqui na competição. Mas não demorou para perceber que o Galo começava a ficar mais com a bola e achar espaços demais nos contra-ataques, e então retornar ao seu jogo: marcação atrás do meio, transições rápidas e jogo “por uma bola”. Que apareceu na reta final do primeiro tempo, quando os volantes atleticanos erraram na transição e deixaram exposta a última linha: gol de Simião na única finalização certa dos donos da casa no primeiro tempo.

(mais…)