Opinião
Futebol não permite desaforo, clássico ainda menos
23 outubro, 2017
1
, , , ,

O primeiro tempo do último clássico entre Cruzeiro e Atlético em 2017 mostrou o quanto coletivamente o time de Mano Menezes está a frente do rival. Mais uma vez sem um centroavante, o treinador do Cruzeiro apostou na leveza de Arrascaeta, revezando o posicionamento do jogador com Thiago Neves na frente. Demorou para encaixar o jogo mas assumiu o controle depois dos 15 minutos iniciais roubando a bola perto do meio-campo e colocando velocidade e superioridade pelos lados, principalmente o esquerdo. O Galo, que começou tentando reduzir o ritmo com passes curtos, aos poucos se viu encurralado e passou a errar muito. Thiago Neves fez o gol do Cruzeiro que teve ainda duas outras chances claras para ampliar, com Diogo Barbosa e Alisson, os melhores do primeiro tempo.

 

Atlético, Cruzeiro, clássico, Robinho,

Daniel Teobaldo/Futura Press

Na etapa final, Oswaldo Oliveira acertou nas mudanças. Tirou o time de trás com Yago, que dava botes no campo de ataque e melhorou a saída de bola se aproximando dos laterais e dando opção. Ainda que o Cruzeiro seguisse com o controle absoluto de uma partida que parecia se encaminhar sem sustos, o Atlético preparava o contragolpe. Na mesma medida que os donos da casa desaceleraram, Oswaldo Oliveira colocou velocidade com Cazares, deixando Robinho aberto pela esquerda no mano a mano com Ezequiel. Uma jogada bem trabalhada, com passes curtos e paciência, e o gol saiu: o baixinho Otero de cabeça aproveitou a falha coletiva da defesa do Cruzeiro.

(mais…)

Opinião
Tite fechou o leque
20 outubro, 2017
0
, , , , , ,

Quando o Brasil confirmou o primeiro lugar nas Eliminatórias, criou-se uma expectativa de que Tite poderia aproveitar as últimas rodadas para fazer testes e observações. Ainda que tenha rodado o grupo mais do que o de costume, pouco observou de fato. Tem um time na cabeça e foi ele quem entrou em campo salvo pequenos testes.

 

Tite, Seleção Brasileira, Convocação,

Pedro Martins/MoWa Press

Terminada a fase de jogos oficiais, criou-se mais uma vez a expectativa que os testes poderiam vir em amistosos. A primeira lista, divulgada no fim da manhã de hoje, deixa um recado claro: Tite já fechou o leque de opções para a Rússia. Entre os 25 convocados, nenhuma grande novidade. Quem ainda não foi chamado, precisará de um desempenho muito acima da curva para jogar na Rússia no ano que vem.

(mais…)

Opinião
Postura de Lucas Lima é culpa só dele?
20 outubro, 2017
0
, , ,

O Santos voltou a jogar mal no Campeonato Brasileiro, ainda que o empate contra o Sport tenha mantido o time mesmo que na teoria, na briga pelo título. Com 50 pontos, está empatado com Palmeiras e Grêmio na segunda posição, todos nove pontos atrás do Corinthians. Já falamos aqui na terça-feira sobre o quão mal vem jogando o time de Levir Culpi, que inexplicavelmente segue somando pontos a cada rodada.

 

Lucas Lima, Santos, Sport

Futura Press

Depois de sair na frente no primeiro tempo, o Peixe sofreu até o fim quando levou um gol de empate que pareceu óbvio por muito tempo. O Sport teve pouco repertório ofensivo (quase uma regra na competição) e exagerou nas bolas cruzadas de qualquer jeito para a área, mas teve volume para empatar e virar. No desespero, quase foi derrotado no fim com Kayke perdendo chance clara e depois com o desperdício de um contra-ataque de cinco atacantes contra dois por parte do Santos.

(mais…)

Opinião
Chapecoense fez o simples para ser mais um a vencer no Horto
19 outubro, 2017
0
, ,

Em sua despedida do comando da Chapecoense, o interino Emerson Cris fez mudanças fundamentais para confirmar uma vitória importante fora de casa no Campeonato Brasileiro. A primeira derrota de Oswaldo de Oliveira no comando do Atlético-MG. Mais uma do Galo no Horto. Os catarinenses não fizeram o impossível. Fizeram o simples e nada mais.

 

Chapecoense, Atlético-MG, Wellington Paulista,

Agência Estado

Com Luiz Antônio e Amaral titulares, a Chapecoense não mudou tanto o esquema tático, mas repensou seu modelo. Aproximou jogadores no 4-2-3-1 com grande atuação de Luiz Antônio como meia pela direita. Com a bola, se aproximou e trocou passes curtos tentando criar superioridade onde a bola estava. Como centroavante, Wellington Paulista ofereceu mais, participativo e com boa movimentação. O jogo fluiu. Sem a bola, o time brigou pelo espaço como se fosse um prato de comida. Apertou a saída, dobrou a marcação. Não deixou espaços. Fez o oposto do rival.

(mais…)

Opinião
Jogo bom ou jogo divertido?
17 outubro, 2017
0
, , , , ,

Ainda com esperanças de incomodar o Corinthians na briga pelo título, o Santos entrou em campo contra o Vitória na noite desta segunda para fechar a 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Resultado final: empate por 2 a 2 e sexta partida sem derrota para os baianos como visitante na competição. Um jogo de gols e oportunidades. Bom? Não necessariamente. Divertido? Sem dúvidas.

 

Lucas Lima, Santos, Vitória

Alê Cabral/Agif/Estadão Conteúdo

Jogando em casa e com a possibilidade de diminuir a vantagem do líder, o Santos jogou mal mais uma vez. Em nenhum momento controlou o adversário e dominou os espaços no Pacaembu. Mostrou desorganização, enorme espaçamento entre os setores e graves problemas na transição defensiva. É um time que joga mal há tempos. E que segue nas primeiras posições. Difícil explicar os resultados ou os resultados explicam o baixo nível do Campeonato?

(mais…)