Marcação Tática
Pré-Temporada: Atlético-GO
10 janeiro, 2017
0

O surpreendente título da Série B do Campeonato Brasileiro, por incrível que pareça, dificultou ainda mais o trabalho do Atlético-GO no seu retorno à elite após quatro temporadas. Com o time sendo mais visado, a diretoria não conseguiu manter boa parte dos titulares da última temporada e recomeça o trabalho praticamente do zero. A dificuldade financeira fez inclusive com que o time perdesse jogadores importantes para Ceará e Goiás, que vão disputar a segunda divisão em 2017.

 

Apenas quatro jogadores do time-base da última temporada permanecem no elenco e devem manter o status: o goleiro Kléver, o zagueiro Ricardo Silva, o meia Jorginho e o centro-avante Júnior Viçosa. O jovem e promissor volante Silva teve o contrato de empréstimo renovado junto ao Internacional e com saídas importantes no setor pode ganhar sequência. Entre os reforços já confirmados (10), nenhum nome causa grande empolgação: apostas de times pequenos ou jogadores sem oportunidade nos grandes na última temporada.

Marcelo Cabo deve manter para 2017 o estilo do time que surpreendeu na Série B: organização defensiva e luta até o último minuto (gerando algumas viradas históricas ao longo da campanha). Chama a atenção que o time-base tem poucos jogadores com rodagem importante em Série A. O zagueiro Roger Carvalho e o atacante Willians talvez sejam os únicos que já tiveram sequência como titulares em times da elite. Muito pouco.

pre_atleticogo

 

A diretoria promete que vai observar os estaduais e pinçar reforços dentro de suas capacidades financeiras para deixar o time mais forte para o Brasileiro. Mais do que destaques do interior, talvez seja importante para o Atlético-GO se atentar para jogadores mais experientes que não estejam sendo aproveitados nos grandes clubes para tentar evitar o bate-volta.

 

TÉCNICO: Marcelo Cabo (no comando desde maio de 2016)

CHEGARAM: Daniel Borges (LD – Botafogo-SP);  Roger Carvalho (Z – Palmeiras); Bonfim (Z – Johor-MAL); Wanderson (LE – Jeju United-COR); Bruno Pacheco (LE – Bragantino); Abuda (V – Ponte Preta); Betinho (M – Tombense); Alípio (A – Vitória); Willians (A – Matsumoto Yamaga-JAP) e Daniel dos Anjos (A – Flamengo).

VOLTAM: Mahatma (V – Goiânia).

SAÍRAM: Matheus Ribeiro (LD – Santos); Thalles (Z – Internacional); Marllon (Z – Ponte Preta); Lino (Z); Romário (LE – Ceará); Raul (LE – Mirassol); Michel (V – Grêmio); Pedro Bambu (V – Goiás); Bruno Barra (V); Magno Cruz (M – Jeju United-COR); Lucas Crispim (M – Santos); Marquinho (M – Botafogo); Caíque (M); Gilsinho (A – Avispa Fukuoka-JAP); Alisson (A – Náutico); Matheus Carvalho (A) e Luis Soares (A – CSA).

A PROMESSA: Silva (V – 21 anos). Emprestado pelo Internacional, foi reserva importante na campanha da Série B e pode se firmar no time nesta temporada. Forte fisicamente faz o papel de primeiro homem com boa saída de bola mas tem versatilidade para ajudar em outras funções.

FIQUE DE OLHO: Willians (A – 28 anos). Após duas temporadas volta ao futebol brasileiro e talvez seja o jogador com mais rodagem em grandes clubes no elenco do Atlético. Dá velocidade ao lado de campo mas será importante na recomposição, algo que faz com muita naturalidade.

EM 2017: Campeonato Goiano (briga pelo título), Copa do Brasil (corre por fora) e Campeonato Brasileiro (luta contra o rebaixamento).

0

Sobre o autor

Cristiano Maia

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Atlético-MG, Atlético-PR, Campeonato Brasileiro

Derrota justa do “Rogerbol” no Horto

O surpreendente título da Série B do Campeonato ...

Leia mais
Everton Ribeiro, Flamengo,

Onde encaixar Everton Ribeiro no Fla?

O surpreendente título da Série B do Campeonato ...

Leia mais
atleticoxgodoycruz

Roger potencializa individualidades no Galo

O surpreendente título da Série B do Campeonato ...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta