Marcação Tática
Pré-Temporada: Botafogo
6 janeiro, 2019
0
,

A situação financeira é um problema grave para o Botafogo já fazem alguns anos. O que obriga o clube a se desfazer de jogadores importantes para concorrentes do mercado nacional. Nesta temporada, duas baixas: Igor Rabello foi jogar no Atlético enquanto Matheus Fernandes vai defender o Palmeiras.

Mas ainda assim foi possível manter boa parte da base da última temporada e o principal: a continuidade de Zé Ricardo no comando. Técnico jovem, low profile, mas de bons trabalhos ao longo da carreira, mostrou no fim da última temporada capacidade para reconstruir o time.

E até aqui, mesmo com pouco investimento, os reforços encontrados no mercado são animadores. Gabriel tem condição para reencontrar, longe da pressão do Galo, o futebol do início da carreira que chamou a atenção de Tite. Alan Santos é um jogador que me chama a atenção desde os tempos de Coritiba. Gustavo Ferrareis ainda não decolou mas tecnicamente é um meia interessante. Sem falar na volta de Leandro Carvalho após boa passagem pelo Ceará e nas ainda possíveis permanências de Moisés e Erik, que seriam muito importantes.

Com a base mantida, ainda falta ao Botafogo um centroavante confiável para começar a temporada.

O elenco curto a princípio pode ser um ponto positivo no primeiro semestre para Zé Ricardo abrir espaço para jovens jogadores no time. Seguir revelando para vender é fundamental para o Botafogo melhorar a condição financeira. Mesmo com a volta de Erik, buscar um centroavante mais confiável também seria importante. Trellez, que foi sondado, cairia bem no estilo da equipe.

Para o Botafogo é fundamental ter cabeça no lugar em 2019. Entender a situação financeira do clube e não fazer loucuras nem achar que pode chegar mais longe que suas pernas podem alcançar. Zé Ricardo até aqui na carreira conseguiu levar os seus times muito acima do esperado na primeira temporada. Não aconteceu desta vez. Ponto positivo para evitar o excesso de pressão em 2019.

TÉCNICO: Zé Ricardo (no comando desde agosto de 2018)

CHEGARAM: Diego Cavalieri (G – Sem Clube), Arnaldo (LD – Ceará), Gabriel (Z – Atlético), Alan Santos (V – Tigres-MEX), Gustavo Ferrareis (M – Internacional) e Leandro Carvalho (A – Ceará).

SAÍRAM: Jefferson (G – Aposentado), Saulo (G – Vila Nova-GO), Luis Ricardo (LD – Ponte Preta), Yago (Z – Corinthians), Igor Rabello (Z – Atlético), Moisés (LE – Corinthians), Dudu Cearense (V – Sem Clube), Jean (V – Corinthians), Matheus Fernandes (V – Palmeiras), Renatinho (M – Goiás), João Pedro (M – Athletico-PR), Leandrinho (A – Sport), Ezequiel (A – Sport), Brenner (A – Internacional) e Erik (A – Palmeiras).

A PROMESSA: Igor Cássio (A – 20 anos). Recuperado de lesão, o centroavante deve ganhar minutos com a falta de nomes confiáveis no ataque do Botafogo. Na base já mostrou mobilidade e faro de gols mas precisa encontrar a regularidade se quiser brigar por um lugar no time de Zé Ricardo.

(Em 2018 a aposta foi Ezequiel que começou a temporada ganhando muitas oportunidades mas aos poucos foi perdendo espaço no time. Na próxima temporada vai defender o Sport.)

FIQUE DE OLHO: Gatito Fernandez (G – 30 anos). Outro jogador do Botafogo afetado por lesões na última temporada, precisa ter sequência em 2019 para que Jefferson não deixe saudades após a aposentadoria. Bom posicionamento e segurança são as marcas do bom goleiro do Botafogo.

EM 2019: Campeonato Carioca (corre por fora), Copa Sul-Americana (oitavas de final), Copa do Brasil (oitavas de final) e Campeonato Brasileiro (meio de tabela).

AS APOSTAS DO BLOG EM 2018 (em negrito os acertos):
Campeonato Carioca (briga pelo título), Copa do Brasil (oitavas de final), Copa Sul-Americana (quartas de final) e Campeonato Brasileiro (meio da tabela).

0

About author

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

santos

Pré-Temporada: Santos

A situação financeira é um problema grave para ...

Leia mais
palmeiras

Pré-Temporada: Palmeiras

A situação financeira é um problema grave para ...

Leia mais
internacional

Pré-Temporada: Internacional

A situação financeira é um problema grave para ...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta