Marcação Tática
Pré-Temporada: Ceará
7 janeiro, 2019
0
,

Logo após o fim do Campeonato Brasileiro o técnico Lisca deu uma declaração ousada: ficaria no Ceará e teria como objetivo para a próxima temporada levar o time para a Libertadores de 2020. Improvável e provavelmente o ótimo técnico sabe disso. Não descolar os pés do chão é fundamental para o Vozão conseguir se sustentar na primeira divisão.

Os primeiros passos ainda são tímidos mas já dão um indício da direção para onde seguir em 2019. Boa parte da base foi mantida, ainda que o time tenha tido baixas importantes no setor ofensivo. As contratações são volumosas para melhorar algo importante. Com muitas competições pela frente, o time sofreu na última temporada com o elenco curto. Este ano a ideia é ter mais opções.

É verdade que nenhuma das contratações até aqui empolga. Mas como de costume, o time deve guardar os principais investimentos para o segundo semestre para aliviar o caixa. É importante dar peso a um time que reagiu bem na Série A mas que carece de referências técnicas principalmente no setor ofensivo.

Ceará tem praticamente o mesmo time da última temporada mas precisa aumentar elenco e contratar a bola de prata para o Campeonato Brasileiro.

A exemplo dos outros times com menor capacidade de investimento, o Ceará precisa de cabeça no lugar em 2019 para não perder o fio da meada. Lisca fez um excelente trabalho mas não é simples manter o nível com tantas competições para se concentrar.

A loucura deve ficar só no apelido do treinador. Mirar o bom exemplo do Bahia, que se mantém na Série A e aproveita para dar um passinho de cada vez rumo a evolução. Ousar um pouco mais em uma grande contratação para o Brasileiro pode oferecer uma condição melhor de sonhar, mas sempre acreditando no trabalho daqueles que já estão por lá.

TÉCNICO: Lisca (no comando desde junho de 2018)

CHEGARAM: Cristovam (LD – Suwon Bluewings-COR), Charles (Z – Paraná), William Oliveira (V – Sampaio Corrêa), Fernando Sobral (M – Sampaio Corrêa), Felipe Baxola (M – Sanfrece Hiroshima-JAP), Chico (M – Pohang Steelers-COR), Matheus Mathias (A – Corinthians), Vitor Feijão (A – Criciúma), Willie (A – Servette-SUI) e João Paulo (A – Criciúma).

SAÍRAM: Arnaldo (LD – Botafogo), Calyson (M – São Caetano), Leandro Carvalho (A – Botafogo), Arthur Cabral (A – Palmeiras) e Felipe Azevedo (A – América).

A PROMESSA: Felipe Jonatan (LE – 20 anos). Depois de indas e vindas em 2018, tem tudo para se firmar como titular na lateral esquerda na atual temporada. Jogador de boa participação ofensiva, precisa melhorar a cabeça para brilhar na próxima temporada.

(Em 2018 a aposta foi Arthur, um dos artilheiros do Brasil na temporada que acabou negociado com o Palmeiras, onde vai brigar por posição no time na próxima temporada.)

FIQUE DE OLHO: Richardson (V – 27 anos). Um dos principais jogadores do time na última temporada, será peça fundamental na reestruturação do time em 2019. Volante de boa pegada e muito boa técnica, teve sete assistências no ano passado.

EM 2019: Campeonato Pernambucano (favorito ao título), Copa do Nordeste (briga pelo título), Copa do Brasil (quarta fase) e Campeonato Brasileiro (briga contra o rebaixamento).

AS APOSTAS DO BLOG EM 2018 (em negrito os acertos): Campeonato Cearense (favorito ao título), Copa do Nordeste (corre por fora), Copa do Brasil (terceira fase), e Campeonato Brasileiro (briga contra o rebaixamento).

1

About author

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

santos

Pré-Temporada: Santos

Logo após o fim do Campeonato Brasileiro o técni...

Leia mais
palmeiras

Pré-Temporada: Palmeiras

Logo após o fim do Campeonato Brasileiro o técni...

Leia mais
internacional

Pré-Temporada: Internacional

Logo após o fim do Campeonato Brasileiro o técni...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta