Marcação Tática
Pré-Temporada: Ceará
7 Janeiro, 2018
0
,

Time da Série A que mais contratou até agora para 2018, o Ceará volta à elite após seis anos de ausência. Até o momento, 15 jogadores desembarcaram em Porangabuçu, mesmo com a base do time que terminou a última temporada em alta sendo mantida pela diretoria. As baixas mais significativas foram Romário e Maikon Leite.

 

Com tantas mudanças, a tendência é que Marcelo Chamusca faça o que não teve tempo na Série B, quando chegou com a competição em andamento. Rodar e testar bastante o elenco (até então com 33 jogadores) para formar um time ideal pensando na principal competição do ano.

 

O perfil dos reforços até aqui foi bem definido: nenhum grande nome e foco em jogadores sem espaço em grandes clubes ou que se destacaram em níveis mais baixos. Até por isso, inicialmente o time deve ser bastante parecido com o do ano passado, sofrendo transformações aos pouco para se adaptar ao estilo diferente da competição.

Ceará, Pré-Temporada,

No 4-3-3/4-1-4-1 e boa base do time que se destacou na Série B, Ceará foi quem mais contratou.

Se na Série B, Chamusca chegou apostando em um time mais forte e físico para fazer a equipe crescer, a tendência é buscar o caminho inverso nessa temporada. Por isso, jogadores mais técnicos no meio-campo como Pedro Ken, Ricardinho e Andrigo tem tudo para se firmar. O que não quer dizer que o time não precisará de velocidade na frente com jogadores como Douglas Coutinho e Felipe Azevedo aparecendo como peças importantes.

 

Pelo discurso inicial do novo presidente, o Ceará chega à Série A consciente do Campeonato que disputa. Como já dissemos várias vezes por aqui, permanecer na elite é muito mais difícil que subir. Três em cada quatro dos que ascendem, acabam caindo no ano seguinte. Com o apoio da fanática torcida e a cabeça no lugar, o Ceará pode ter chegado para ficar.

 

TÉCNICO: Marcelo Chamusca (no comando desde junho de 2017)

CHEGARAM: Renan (G – Goiás); Renato (LD – Fluminense); Leandro Silva (LD – Avaí); Bruno Pires (Z – Jaguares-MEX); Denilson (Z – Grêmio); Ernandes (LE – América); Naldo (V – Ponte Preta); Parrudo (V – Tubarão); Javier Reina (M – Deportivo Pasto-COL); Leandro Canhoto (M – Tubarão); Andrigo (M – Internacional); Andrigo (M – Internacional); Douglas Coutinho (A – Atlético-PR); Felipe Azevedo (A – Chiangrai-TAI); Luidy (A – Corinthians) e Romário (A – Kalmar-SUE).

SAÍRAM: Romário (LE – Santos); Piaui (V – Ferroviário); Wallace Pernambucano (M – Náutico); Maikon Leite (A – Figueirense); Magno Alves (A – Novorizontino); Leandro Carvalho (A – Botafogo); Robinho (A – Santa Cruz) e Rafael Costa (A – São Caetano) .

A PROMESSA: Arthur (A – 19 anos). O “artilheiro que vem do banco” teve as primeiras chances na última Série B e não decepcionou. Fez quatro gols nos 16 jogos que fez, a grande maioria entrando no decorrer da partida. Rápido e bom pelo alto, deve seguir ganhando chances com Marcelo Chamusca na temporada.

FIQUE DE OLHO: Richardson (V – 26 anos). Cotado pela Chapecoense, foi uma das peças mais importantes na estabilidade defensiva alcançada pelo time na Série B. Tem boa leitura dos espaços e vai muito bem nas coberturas. Apesar de não ser um jogador alto, mostra muita força nos desarmes. Será peça importante para fazer o “trabalho sujo” em 2018.

EM 2018: Campeonato Cearense (favorito ao título), Copa do Nordeste (corre por fora), Copa do Brasil (terceira fase), e Campeonato Brasileiro (briga contra o rebaixamento).

0

About author

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Grêmio, Luan, Recopa

Grêmio precisa aproveitar melhor se quiser ter Luan como falso 9

Time da Série A que mais contratou até agora par...

Leia mais
Vitória, Pré-Temporada,

Pré-Temporada: Vitória

Time da Série A que mais contratou até agora par...

Leia mais
Vasco, Pré-Temporada,

Pré-Temporada: Vasco

Time da Série A que mais contratou até agora par...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta