Marcação Tática
Pré-Temporada: Grêmio
17 janeiro, 2019
0
,

Segundo time com o trabalho mais longo entre os que iniciam a Série A nesta temporada, o Grêmio aposta na mesma fórmula de sucesso dos últimos anos para seguir entre as melhores equipes do país. Manutenção da base, espaço para jogadores jovens e tentativa de recuperação de jogadores em baixa. Tudo isso ainda nas mãos de Renato Gaúcho.

A permanência do treinador apesar da tentativa do Flamengo de levá-lo para o Rio de Janeiro, talvez seja a principal notícia do Grêmio para 2019. Renato além de conhecer muito bem o clube e o elenco, tem o respeito da torcida e dos jogadores. Fundamental para seguir desenvolvendo o trabalho.

Apesar da enorme baixa no gol com a saída de Marcelo Grohe, o time conseguiu sustentar o assédio por Kannemann e reforçou o ataque com Montoya e Vizeu, que chegam com status de titulares. Resta saber se Everton conseguirá sustentar o excelente desempenho do último ano e se Luan vai recuperar o melhor do seu futebol após quase deixar o clube em troca envolvendo Thiago Neves.

Grêmio mantém base e estrutura da última temporada. Se ganhou qualidade na frente, perde em segurança sem Marcelo Grohe.

Apesar de conseguir boas vendas nos últimos anos, a exemplo do Cruzeiro o Grêmio também está abaixo dos principais rivais em termos financeiros e sente dificuldades no mercado. Mas como nos últimos anos, conseguiu boas soluções. E o mais importante: aposta também na manutenção da linha de trabalho, o que equipes com mais dinheiro como Flamengo e Palmeiras ainda não conseguiram fazer.

Renato Gaúcho já provou que é capaz de tirar o máximo do elenco gremista. Mesmo quando foi obrigado a usar time reserva, conseguiu fazer o seu time manter um padrão de jogo, que durante boa parte dos últimos anos foi o mais agradável de ser ver no país. Impossível tirar o Grêmio de qualquer briga enquanto tudo continuar como está.

TÉCNICO: Renato Gaúcho (no comando desde setembro de 2016)

CHEGARAM: Júlio César (G – Fluminense), Rafael Thyere (Z – Chapecoense), Rômulo (V – Flamengo), Montoya (M – Cruz Azul-MEX), Joanderson (A – Criciúma) e Felipe Vizeu (A – Udinese-ITA).

SAÍRAM: Marcelo Grohe (G – Al Ittihad-ARA), Bruno Grassi (G – Criciúma), Bressan (Z – FC Dallas-EUA), Ramiro (M – Corinthians) e Douglas (M – Sem Clube).

A PROMESSA: Matheus Henrique (V – 21 anos). Ainda que com características diferentes, pode ser o substituto de Arthur no time gremista. Capacidade para atuar como meia também. Perde na dinâmica mas chega melhor à frente do que o antigo dono da posição.

(Em 2018 a aposta foi Jean Pyerre, que jogou 15 jogos e marcou três gols. Ainda é visto no clube como uma potencial promessa e seguirá tendo chances com Renato.)

FIQUE DE OLHO: Luan (A – 25 anos). Colocado no mercado na última janela, precisa reencontrar o futebol que o fez Rei da América em 2017. Não parece tão confortável no clube mas tem todas as condições para se recuperar.

EM 2019: Campeonato Gaúcho (favorito ao título), Copa Libertadores (quartas de final), Copa do Brasil (briga pelo título) e Campeonato Brasileiro (vaga na Libertadores).

AS APOSTAS DO BLOG EM 2018 (em negrito os acertos):  
Campeonato Gaúcho (briga pelo título), Libertadores (quartas de final), Copa do Brasil (briga pelo título) e Campeonato Brasileiro (briga por vaga na Libertadores).

0

About author

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

santos

Pré-Temporada: Santos

É uma união com cara de ter tudo para dar errado...

Leia mais
palmeiras

Pré-Temporada: Palmeiras

O atual campeão brasileiro entra 2019 mantendo o ...

Leia mais
internacional

Pré-Temporada: Internacional

No futebol, em geral, o inimigo mora ao lado. Mas ...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta