Opinião
Boa precisará de ressocialização
14 março, 2017
0
,

É louvável que alguém abra portas e dê espaço para a ressocialização de um ex-presidiário. Quem cometeu um crime normalmente tem poucas chances o que praticamente inviabiliza a total recuperação e costuma tornar-se um ciclo vicioso. A teoria, nem sempre é acompanhada da prática. Principalmente no caso de um ex-jogador famoso, que assassinou a amante e cumpriu menos de sete anos de uma pena superior a 22. Não me parece que Bruno já mereça ser recolocado numa posição “natural” ainda que a justiça tenha definido assim.

 

bruno_boa É possível entender o objetivo do Boa quando contrata Bruno para o seu gol. Um clube de pouquíssimo espaço na mídia passou a ser falado no Brasil e no mundo após o episódio (falem mal mas falem de mim). E tecnicamente, se tiver mantido parte da forma física e técnica durante os últimos sete anos quando esteve preso, o goleiro pode ser um reforço interessante para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

O problema são os muitos transtornos que a contratação já trouxe e ainda pode trazer ao até então simpático time de Varginha, que cresceu fazendo campanhas sólidas em torneios nacionais e conseguiu se estruturar mesmo com as dificuldades do futebol no interior.

 

A debandada de patrocinadores é só o começo. A tendência é que o time que já não tem torcida numerosa (média de público de apenas 1.550 torcedores em 2016 foi a 67ª do país entre os clubes das Séries A, B, C e D), sofra não só com a diminuição no número de simpatizantes mas também com olhares raivosos dos adversários por onde passar. A possibilidade do fim do “contrato de patrocínio” firmado com a prefeitura de Varginha também é real e pode colocar todo o projeto em risco. Sem falar nas dúvidas relacionadas a como os jogadores do clube, adversários e até mesmo dirigentes de outras equipes vão lidar com a complicada aposta.

 

O que pode parecer um ato de coragem, na verdade me parece um enorme tiro no pé. Bruno tem direito a se ressocializar como qualquer outro ex-presidiário, depois que cumprir a pena e preferencialmente longe de qualquer holofote.

 

O clube chamou para si uma luz que ele possa não conseguir carregar (e proibir que jornalistas façam questionamentos sobre o assunto certamente não vai ajudar).

 

Em breve, o Boa precisará de ressocialização.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Micale caiu no Horto

É louvável que alguém abra portas e dê espaço...

Leia mais

Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe

É louvável que alguém abra portas e dê espaço...

Leia mais

VAR no Brasil: problema não é quando, é como

É louvável que alguém abra portas e dê espaço...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta