Opinião
Chapecoense precisa rever e redefinir expectativas
4 julho, 2017
0
, ,

A 14ª mudança de técnico entre os times da Série A em 2017 foi a mais surpreendente delas. Ainda que os resultados recentes não sejam bons, é preciso ver com cuidado a saída de Vágner Mancini da Chapecoense. Para um clube que sempre foi exemplo a ser seguido na gestão, é hora de rever e redefinir as expectativas. Aonde quer chegar?

 

Chapecoense, Vágner Mancini,

André Fabiano/Código19/Estadão Conteúdo

A temporada começou sem que houvesse um time, por conta do trágico acidente no fim do ano passado. Precisando contratar muitas peças, a chance de errar é sempre maior. Levir Culpi se dispôs a ajudar. Mas o clube não quis pois a ideia era pensar em um “projeto de longo prazo”. Daí surgiu a aposta em Vágner Mancini.

Com um elenco totalmente novo e em constante transformação, com novos jogadores chegando a cada mês, os resultados foram acima da média. Campeão estadual, a Chape só não se classificou na Libertadores por escalar um jogador irregular, erro que não é só do técnico e sim de todo um departamento de futebol.

 

No Campeonato Brasileiro, começou bem e causou surpresa que foi dita aqui neste espaço. No fim de maio, era possível avaliar muito bem o trabalho de Vágner Mancini. Assumindo a ponta da competição, ainda que fosse uma grande besteira imaginar que brigaria pelo título. De lá para cá, tudo piorou. Uma sequência de jogos dura e sem vitórias culminou na demissão. A Chapecoense olhou só o resultado.

 

É preciso entender que um time em formação vai oscilar mais. Além disso, observar que embora tenha um elenco homogêneo, a Chape tem um plantel pouco numeroso e não dos mais qualificados. Está entre os times que mais entrou em campo na temporada. Naturalmente o desempenho iria cair.

 

Candidata ao rebaixamento, precisará ser certeira na escolha do novo comandante. Mas mais do que isso, precisa rever as expectativas. Um clube em reconstrução não pode exigir mais do que evitar a Série B. Vágner Mancini merecia mais tempo, mais paciência e principalmente: mais compreensão do lugar que o clube deve ocupar.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Campeonato Brasileiro no mundo da Lua

A 14ª mudança de técnico entre os times da Sér...

Leia mais

Jô é a história do Corinthians campeão

A 14ª mudança de técnico entre os times da Sér...

Leia mais

Brasil, “país do futebol”?

A 14ª mudança de técnico entre os times da Sér...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta