Opinião
Dois gols, uma vitória e nada mais
23 Maio, 2017
0
, ,

Marcos Ribolli / Globoesporte.com

São Paulo e Avaí fecharam a segunda rodada do Campeonato Brasileiro com um jogo sofrível no Morumbi. De um lado, um time que precisava vencer da forma como fosse. Do outro, um time que passou a impressão que não seria capaz de vencer de forma alguma. O tricolor jogou mal e venceu. Os catarinenses terminaram o jogo sem dar um chute na direção do gol de Renan Ribeiro.

 

É difícil avaliar se o São Paulo deixa de lado alguns conceitos por convicção ou por necessidade. Mas é fácil notar que aquele time que pressionava sempre no campo de ataque, que fazia questão de ficar com a bola e de sair jogando pelo chão não existe neste momento. Por várias vezes, tentou recuar as linhas pra garantir o resultado além de ter passado quase toda a segunda etapa insistindo nos passes longos (talvez pela presença de Lugano, que embora firme nos combates um contra um, tenha bastante dificuldade para iniciar as jogadas com passes curtos).

O sistema ainda se mantém. Mas com Cícero no meio, o 4-3-3 ganha mais fluência e aproximação com o ataque. O meia que pisa a área é fundamental para dar criatividade a um setor onde o São Paulo tem muita força mas pouca qualidade. Ficou ainda pior com a saída de Thiago Mendes, machucado. A opção por Thomas até fazia sentido, mas deixou a equipe ainda mais exposta e Ceni demorou para corrigir com a entrada de João Schimdt.

 

Do outro lado, não deu certo a ideia de Claudinei Oliveira de usar Rômulo como falso nove. A bola praticamente não chegou ao ataque, apesar da tentativa do experiente Marquinhos de organizar o time saindo de trás. Ainda que tenha pressionado mais no segundo tempo, saiu de campo com zero finalizações certas e deixou claro que vai precisar de mais poder de fogo se quiser ser capaz de competir. De positivo, apenas o promissor Capa, que melhora defensivamente e segue como principal peça do time.

 

A vitória foi importante para o São Paulo. O desempenho, preocupante. A falta de confiança é clara e será retomada mais com bons resultados que com boas atuações, é verdade. O exemplo claro é Luiz Araújo, autor do segundo gol, e que vinha em clara queda técnica. Com confiança pode voltar a dar a qualidade pelos lados que o time teve apenas na pré-temporada.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Campeonato Brasileiro no mundo da Lua

São Paulo e Avaí fecharam a segunda rodada do Ca...

Leia mais

Jô é a história do Corinthians campeão

São Paulo e Avaí fecharam a segunda rodada do Ca...

Leia mais

Brasil, “país do futebol”?

São Paulo e Avaí fecharam a segunda rodada do Ca...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta