Opinião
Faltou tudo no clássico carioca
8 março, 2018
0
, , ,

Foi mais um jogo ruim do Campeonato Carioca. Nem os clássicos tem salvado um dos estaduais mais tradicionais e atualmente um dos piores do país. Vasco e Fluminense não saíram do empate sem gols, ainda que as duas equipes tenham encontrado oportunidades claras para marcar. Faltou tudo, inclusive o público, mais uma vez muito decepcionante.

 

Vasco, Fluminense, Clássico, Carioca,

André Durão – Globoesporte.com

O Vasco pensando no futuro escalou o time com três zagueiros, a exemplo do Fluminense que vem usando o esquema desde o início da temporada. Ambos mostraram semelhanças e os mesmos problemas na engrenagem, ainda que o tricolor fizesse o jogo fluir melhor pela adaptação maior ao modelo.

 

Os dois times tiveram problemas na saída de bola. É preciso entender que jogar com linha de três (ou cinco) atrás voltou à moda na Europa mas não como nos tempos antigos. Quase todos os times usam no setor um volante ou lateral com mais velocidade e capacidade de passe para começar as jogadas. Nenhum dos seis zagueiros em campo tinha tais características. Para piorar, os laterais se desgarravam de trás e deixavam tudo com os volantes que também não conseguiam sair. O jogo passou pouco pelo meio-campo dos dois lados. Virou um duelo de bolas longas.

 

Para piorar, um festival de erros técnicos infantis. Passes fáceis desperdiçados, finalizações ruins, dribles na hora e lugar errados. Vasco e Fluminense erraram muito. E não mereceram vencer. Nem fazer gol.

 

Depois de um início de ano cheio de ilusões na Libertadores, o Vasco vai percebendo o quão duro será seu caminho mais uma vez. Zé Ricardo pode até apostar no sistema que deu mais garantias defensivas mas não pode abrir mão do talento e da fluência de jogadores como Evander e Paulinho. E vai precisar buscar volantes ou até mesmo um zagueiro que consiga melhorar a saída de trás.

 

Do outro lado, o Fluminense já estava preparado para um ano duro. Abel conseguiu dar cara e padrão para uma equipe recheada de jovens que ainda depende de muitos ajustes para se tornar de fato competitiva, ainda que os resultados recentes não sejam assim tão ruins.

0

About author

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

2018, mais um ano em que trocar de técnico não valeu a pena no Brasil

Foi mais um jogo ruim do Campeonato Carioca. Nem o...

Leia mais

Flamengo precisa parar de tratar toda derrota como fracasso

Foi mais um jogo ruim do Campeonato Carioca. Nem o...

Leia mais

Segue o looping da reciprocidade negativa em Minas

Foi mais um jogo ruim do Campeonato Carioca. Nem o...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta