Opinião
Paciência e volume fazem Grêmio encaminhar vaga
28 junho, 2017
0
, ,

O desempenho não foi muito melhor do que no jogo contra o Corinthians, no último fim de semana, terminado em 1×0 para os visitantes. O resultado foi excelente. Os 4×0 contra o Atlético-PR encaminham a vaga do Grêmio para as semifinais da Copa do Brasil, embora a distância de um mês para o próximo jogo não permita muitas conclusões definitivas, principalmente no futebol brasileiro com a janela aberta para a Europa.

 

Barrios, Grêmio, Atlético-PR, Copa do Brasil,

Lucas Uebel / Grêmio, DVG

No último fim de semana, contra o líder do Campeonato Brasileiro, o Grêmio teve bom volume ofensivo. Finalizou 13 vezes (seis certas) e teve pelo menos três chances ótimas para marcar. Mas poucas vezes viu o adversário se desconcentrar. Luan, o “rei das entrelinhas”, não achou espaço para jogar como em outros jogos mas ainda assim o jogo fluiu e aconteceu. O Corinthians venceu com justiça, mas o empate não seria um absurdo. O Grêmio jogou bem.

Contra o Atlético-PR, repetiu a boa atuação, mas achou mais espaço diante de um adversário não tão organizado. Mas não foi simples furar a defesa do time de Eduardo Baptista como o resultado mostra. Nos primeiros minutos, o Grêmio precisou de paciência e toques curtos. Precisou muito de Arthur, que joga e faz o time jogar. Até abrir o placar com Barrios em excelente fase e ver o adversário se desconcentrar. Fatal. Pedro Rocha pareceu ter nascido para jogar a Copa do Brasil e com ele o time de Renato Gaúcho resolveu tudo.

 

Quando o Furacão acordou do pesadelo, no intervalo, o placar já marcava 3×0. Tentou jogar no segundo tempo, ainda que Pablo tenha ido mal mais uma vez como o “9” do 4-1-4-1 de Baptista, alterado com as entradas de Lucho e Carlos Alberto na etapa final. Mas quase não ameaçou e viu as coisas ficarem ainda piores quando Nikão foi expulso (com alguns minutos de atraso). No fim, gol de Éverton para sacramentar a goleada.

 

Só uma enorme mudança de panorama ou um “fato estranho” no jogo da volta mudam o classificado para as semifinais no confronto que envolve o atual campeão da Copa do Brasil. Quem viu só o resultado do último fim de semana poderia imaginar uma queda de rendimento no Grêmio. O desempenho hoje voltou a mostrar que há um ótimo trabalho por ali. Paciente e mortal.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Micale caiu no Horto

O desempenho não foi muito melhor do que no jogo ...

Leia mais

Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe

O desempenho não foi muito melhor do que no jogo ...

Leia mais

VAR no Brasil: problema não é quando, é como

O desempenho não foi muito melhor do que no jogo ...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta