Opinião
Grêmio ganha cara de Renato e perde a fluência
3 Abril, 2017
0
,

Já falamos neste espaço sobre os méritos de Renato Gaúcho no Grêmio que cresceu na reta final de 2016 e conquistou com muita justiça o título da Copa do Brasil. Mas é inegável que mesmo com a troca no comando sendo positiva, ainda haviam muitos resquícios do antigo comandante. A fluência, a pressão na bola, a compactação.

 

renatogaucho_gremio O tempo passou, e aos poucos foi se perdendo. Ou se alterando, para ter totalmente a cara do novo comandante. Já não é tão simples identificar características do velho time de Roger no Grêmio de 2017. Natural. E pouco positivo.

 

Diante do Veranópolis, após campanha apenas modesta na primeira fase, o Grêmio teve controle total. Sofreu pouco. Mas fez partida pobre em vários aspectos diante de um adversário fraco (gramado ruim a parte). Melhorou com a volta de Geromel, de partida quase perfeita, e mais ainda de Maicon que controla o jogo e o ritmo com bons passes no meio. Mas ainda tem dificuldades para suprir a ausência de Douglas, que deve demorar para voltar.

A saída de bola fica lenta e prejudicada pela falta de mais algum jogador organizador. Maicon é sobrecarregado, já que Bolaños normalmente se enfia entre os volantes e participa pouco da transição. Faltam opções de passe, os famosos triângulos que o antigo treinador exige para fazer o jogo apoiado.

 

O melhor do Grêmio no primeiro tempo foi quando Luan recuou e “resolveu tudo sozinho”. Melhorou na etapa final, principalmente após a entrada de Gata Fernandez, que ajudou mais a levar a bola ao ataque e fez o time produzir mais chances (aproveitando-se também do desgaste do adversário e da necessidade do Veranópolis de buscar o empate).

 

As mãos de Renato Gaúcho já estão no totalmente no time do Grêmio. Mas isso não é tão animador quanto parece. Os reforços não empolgaram e será preciso achar algumas soluções não tão simples para fazer o time atingir novamente o nível do final da última temporada. A ver como reage o treinador, agora sem desculpas nem críticas relacionadas ao antecessor.

0

About author

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Diniz faz bem e é necessário

Já falamos neste espaço sobre os méritos de Ren...

Leia mais

Ba-Vi da vergonha

Já falamos neste espaço sobre os méritos de Ren...

Leia mais

Reconhecer seu estilo é o desafio para o São Paulo

Já falamos neste espaço sobre os méritos de Ren...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta