Opinião
Guto Ferreira e a zona de conforto
31 maio, 2017
0
, , ,

Ano passado Guto Ferreira trocou um projeto estável na Chapecoense por um de longo prazo que poderia render mais frutos e mais visibilidade. Ninguém investiu tanto quanto o Bahia na Série B de 2016 e a chance de acesso era grande demais para recusar. Um clube de torcida enorme, voltando à elite, que poderia chegar em 2017 brigando por títulos regionais e por estabilidade em nível nacional. Cenário perfeito para um técnico emergente fincar bandeira entre os grandes nomes.

 

Guto Ferreira, Bahia, Técnico

Felipe Oliveira/EC Bahia

Sucesso conquistado com o Bahia, Guto Ferreira ganhou a Copa do Nordeste e está com o time na Série A. Já podia (e deveria) começar a pensar em dar um passo adiante na carreira. Sair da zona de conforto.

É claro que uma proposta como a do Internacional é tentadora. Assim como o Bahia no ano passado, a chance de insucesso na Série B é pequena. O Colorado tem ainda uma capacidade maior de investimento para retornar em bom nível em 2018. Ainda há ligação histórica entre os dois. Mas é confortável demais para Guto.

 

Ainda que represente a oportunidade de se firmar em um dos maiores clubes do país sem a pressão da elite, é preciso lembrar que o Internacional tem sido uma máquina de moer treinadores nos últimos anos. Qualquer trabalho que represente um pouco a menos do que a diretoria espera, pode gerar um rompimento ainda que conquiste o acesso.

 

É claro que profissionalmente Guto Ferreira tem todo o direito de escolher o rumo de sua carreira. É difícil recusar uma proposta como essa sem a menor garantia que será mantido pela diretoria em caso de alguns insucessos em campo. Mas não dá para reclamar da instabilidade da profissão se você também não faz a sua parte. Voltamos à história do ovo ou da galinha, quem nasceu primeiro?

 

Hoje, Guto Ferreira me parece melhor para o Internacional do que o contrário. Era hora de sair da zona de conforto. E seguir o bom trabalho na Bahia.

1

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Micale caiu no Horto

Ano passado Guto Ferreira trocou um projeto estáv...

Leia mais

Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe

Ano passado Guto Ferreira trocou um projeto estáv...

Leia mais

VAR no Brasil: problema não é quando, é como

Ano passado Guto Ferreira trocou um projeto estáv...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta