Opinião
Negócio Fla-Real por Vinicius Júnior é fantástico
23 maio, 2017
0
, ,

Reprodução TV Globo

Já havíamos escrito em março sobre os cuidados necessários com a excelente geração 2000 do Brasil. Em especial, Vinicius Júnior, destaque principal na conquista do Sul-Americano sub-17. Hoje, a confirmação de que o Real Madrid pagará 46 milhões de euros por um garoto que poucos minutos jogou como profissional chocou muitos. Principalmente aqueles que não conhecem o enorme potencial da joia de 16 anos.

 

Vinicius Júnior só estreou profissionalmente na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, embora o correto fosse dar minutos a ele no Campeonato Estadual. Exaltado neste espaço como o primeiro jogador nascido em 2000 a estrear por um grande clube do país. O potencial é imenso. Artilheiro de Sul-Americanos sub-15 e 17 com a seleção brasileira, conduziu o Flamengo em uma sequência de 90 jogos sem derrota entre infantil e mirim. É possível dizer que se sobressaiu na base como nem Neymar conseguiu. A distância dele para os outros da mesma categoria era tão grande que ele pôde saltar o sub-20 sem problemas.

Mas que garantia há em um negócio envolvendo tanto dinheiro e um garoto de apenas 16 anos? Poucas ou nenhuma.

 

Vários fatores influenciam o desenvolvimento de um atleta profissional. Questões físicas, psicológicas são preponderantes mas nem sempre decisivas. Os companheiros de clube e todo o entorno (amigos, empresários, familiares) podem impactar direta ou indiretamente. Hoje, são muitos testes e horas de observação para se tomar uma decisão de pagar tanto dinheiro por um atleta, mas nenhum ser humano vem com certificado de garantia (Messi, por exemplo, nunca foi o mesmo do Barcelona na seleção e é impossível garantir que ele brilharia tanto em outro clube).

 

Ainda assim, me parece que foi feito um ótimo negócio por todos.

 

O Flamengo terá muito dinheiro em caixa e um jogador talentoso, prata da casa, para explorar por pelo menos mais um ano. Resta dar espaço no time.

 

O Real Madrid contrata um jogador com potencial para estar entre os melhores em pouco tempo. E convenhamos: 46 milhões de euros não vão inviabilizar o futuro do clube ainda que seja uma quantia exorbitante.

 

E Vinicius Júnior terá tempo para maturar em um nível competitivo menor antes de chegar ao maior desafio de sua carreira. Precisa apenas de cabeça no lugar para seguir seu desenvolvimento e atingir o estágio esperado.

 

Só o futuro dirá se o negócio foi realmente tão bom assim. Hoje, me parece fantástico.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Micale caiu no Horto

Já havíamos escrito em março sobre os cuidados ...

Leia mais

Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe

Já havíamos escrito em março sobre os cuidados ...

Leia mais

VAR no Brasil: problema não é quando, é como

Já havíamos escrito em março sobre os cuidados ...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta