Opinião
Nem começou o Brasileiro e já perdemos quase quatro meses
22 abril, 2019
0
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Voltando ao blog depois de muito tempo sem tempo para tratar mais uma vez do calendário. É difícil entender como o principal campeonato do país vai começar apenas no fim do quarto mês do ano e ainda assim os nossos times tem tão pouco tempo para treinar e se preparar. O calendário é um buraco profundo e que precisa ser escavado se quisermos realmente jogar melhor.

Ao todo, os times da Série A já entraram em campo 441 vezes nesta temporada. Média superior a 22 jogos por equipe. Número alto que indica uma curtíssima pré-temporada e praticamente nenhuma semana livre entre uma partida e outra. Jogo em cima de jogo. A maioria deles sem nenhuma utilidade. Treinamos muito, jogamos pouco e a grande maioria destes jogos é extremamente desinteressante.

Das 20 equipes da elite nacional, apenas quatro não chegaram às finais estaduais. Fluminense, Palmeiras, Santos e Vasco, que jogam em estados com mais de dois representantes na Série A. Não fosse assim, provavelmente também teriam disputado um troféu que deveria significar pouco no último fim de semana.

Até aqui, somente 138 vezes os nossos principais clubes enfrentaram equipes do mesmo nível (da primeira divisão do Brasil ou do exterior). Menos de 32% do total de jogos. Destaque negativo para CSA (que enfrentou apenas o Fortaleza, pela Copa do Nordeste) e o Goiás (que só enfrentou equipes de divisões inferiores até aqui). O Flamengo é o único dos times que jogou mais da metade das partidas do ano contra equipes de elite.

Era pra ser apenas um período de preparação mas a rigor o Athletico é o único que o trata dessa maneira. Jogou o estadual (sem nenhum adversário da elite) com a equipe de transição e focou apenas na Libertadores até aqui. Foi bicampeão paranaense e começou muito bem a competição continental.

Exceção, infelizmente. A maioria dos clubes ainda leva a sério o desempenho em jogos de nível inferior e com pouco intervalo entre eles. Tanto é que entraremos no Brasileiro com oito mudanças de técnicos já confirmadas na temporada. Quase a metade dos times recomeçou o trabalho mesmo tendo pouquíssimo enfrentamento que deveria ser considerado para valer.

Abaixo, quantos jogos cada um dos times da Série A fez contra equipes da mesma divisão até aqui na temporada e o devido aproveitamento em 2019:

Athlético (19 jogos, 4 contra equipes de Série A, 75% de aproveitamento)

Atlético (24 jogos, 11 contra equipes de Série A, 39,39% de aproveitamento)

Avaí (24 jogos, 5 contra equipes de Série A, 46,67% de aproveitamento)

Botafogo (17 jogos, 5 contra equipes de Série A, 53,33% de aproveitamento)

Bahia (28 jogos, 3 contra equipes de Série A, 22,22% de aproveitamento)

Ceará (25 jogos, 6 contra equipes de Série A, 27,78% de aproveitamento)

Chapecoense (27 jogos, 6 contra equipes de Série A, 33,33% de aproveitamento)

Corinthians (25 jogos, 12 contra equipes de Série A, 52,78% de aproveitamento)

Cruzeiro (20 jogos, 7 contra equipes de Série A, 80,95% de aproveitamento)

CSA (21 jogos, 1 contra equipes de Série A, 33,33% de aproveitamento)

Flamengo (21 jogos, 13 contra equipes de Série A, 69,23% de aproveitamento)

Fluminense (22 jogos, 9 contra equipes de Série A, 33,33% de aproveitamento)

Fortaleza (20 jogos, 6 contra equipes de Série A, 55,56% de aproveitamento)

Goiás (20 jogos, nenhum contra equipes de Série A)

Grêmio (21 jogos, 7 contra equipes de Série A, 42,86% de aproveitamento)

Internacional (21 jogos, 7 contra equipes de Série A, 57,14% de aproveitamento)

Palmeiras (20 jogos, 9 contra equipes de Série A, 55,56% de aproveitamento)

Santos (23 jogos, 8 contra equipes de Série A, 54,17% de aproveitamento)

São Paulo (20 jogos, 9 contra equipes de Série A, 14,81% de aproveitamento)

Vasco (23 jogos, 10 contra equipes de Série A, 50% de aproveitamento)

0

About author

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

2018, mais um ano em que trocar de técnico não valeu a pena no Brasil

Quem ainda não se acostumou com as constantes tro...

Leia mais

Flamengo precisa parar de tratar toda derrota como fracasso

É louvável do ponto de vista financeiro e organi...

Leia mais

Segue o looping da reciprocidade negativa em Minas

Cruzeiro e Atlético vão se enfrentar no domingo ...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta