Opinião
O Brasileiro dos novatos
15 maio, 2017
0
, , , , , , , , , ,

Ainda que os clubes brasileiros vivam hoje uma condição financeira melhor, com capacidade não só para contratar bons jogadores mas também de segurar por mais tempo suas principais peças, já na primeira rodada do Campeonato Brasileiro foi possível perceber uma marca que deve aparecer ao longo desta competição. As novidades são muitas, estão espalhadas por todos os times e podem surpreender muita gente.

 

Neste post vamos deixar de lado Vinicius Júnior, que estreou pelo Flamengo na partida contra o Atlético-MG. Aos 16 anos, salvo engano é o primeiro jogador nascido em 2000 a estrear por um grande clube brasileiro. Talentoso ao extremo, pode ter vida curta por aqui, graças ao forte interesse do Real Madrid. Mas ele está longe de ser o único. No próprio Flamengo, Matheus Sávio fez sua primeira partida de Série A e marcou neste sábado. Diante de um adversário que tinha o jovem Gabriel, titular absoluto desde o ano passado.

 

Ainda no sábado, o Corinthians do “novato” Fábio Carille teve dois jogadores revelados no clube entre os titulares na estreia contra a Chapecoense. Pedro Henrique e Léo Jabá ainda entraram no segundo tempo.

 

No domingo, um jogo simbólico pela manhã. Fluminense e Santos estão certamente entre os que mais apostam em jogadores formados no clube para formar o elenco. Wendel teve mais uma grande atuação e promete estar entre os melhores volantes do Brasileiro. No Peixe, Thiago Maia vai para mais uma temporada como o dono absoluto da posição.

 

Mas não para por aí. O Vasco foi goleado em sua volta à Série A mas mostrou mais uma vez que o jovem Douglas talvez seja o principal jogador do elenco atualmente, mesmo com apenas 19 anos. No São Paulo, Éder Militão estreou com apenas 17 anos e teve atuação sóbria no Mineirão. Tivemos ainda o jovem e promissor lateral esquerdo Capa fazendo sua estreia em Série A pelo Avaí. Arthur aparece cada vez mais firme entre os preferidos de Renato Gaúcho no Grêmio. E o goleiro Jean, do líder Bahia, com apenas 21 anos o mais novo entre os “camisas 1” da primeira rodada.

 

A renovação do Brasileirão não passa apenas pelo banco de reservas. Há muito talento jovem ganhando espaço e merecendo observação. Foi apenas a primeira rodada de um Campeonato que promete muitas revelações.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Micale caiu no Horto

Ainda que os clubes brasileiros vivam hoje uma con...

Leia mais

Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe

Ainda que os clubes brasileiros vivam hoje uma con...

Leia mais

VAR no Brasil: problema não é quando, é como

Ainda que os clubes brasileiros vivam hoje uma con...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta