Opinião
Os números do Brasileirão – Rodada 10
27 junho, 2017
0
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Com a ajuda dos sites FootstatsWhoScored e Sr Goool, é possível levantar alguns números a respeito do Brasileirão. E a ideia é tentar analisar alguns dos mais importantes aqui, rodada após rodada.

 

Um quarto do Campeonato já se foi e a impressão é que a competição segue esquentando. O público, pelo menos, continua crescendo. A décima rodada teve a segunda melhor média até aqui (17.833 torcedores) e pela segunda vez ultrapassamos a média de 15 mil torcedores por jogo (só havia acontecido na primeira rodada, com média de 16.868). A exceção e a decepção continuam no Moisés Lucarelli. Pela quarta vez, a Ponte Preta registrou o menor público da rodada. Em compensação, Grêmio e Corinthians, os dois melhores times do Brasileirão, finalmente bateram o público de Flamengo x Atlético-MG na primeira rodada. A melhor marca agora são os 50.116 torcedores que foram à Arena do Grêmio neste fim de semana.

Embora tenhamos registrado bons públicos, casa “cheia” não tem sido sinal de vitória. Pela primeira vez tivemos seis vitórias dos visitantes em uma mesma rodada. Só três mandantes venceram no fim de semana.

 

A décima rodada teve ainda a primeira partida com três expulsos e o primeiro time a levar dois cartões vermelhos no mesmo jogo. A Ponte Preta, de Rodrigo e Renato Cajá, contra o Palmeiras de Tchê Tchê. Ainda neste jogo, Lucca assumiu a ponta na lista de responsabilidade por gols de um time. Marcou sete dos 12 da Macaca no Brasileiro (58%) e ultrapassou Henrique Dourado que liderava a lista há rodadas.

 

Também no domingo, Reinaldo da Chapecoense bateu o recorde de passes errados em uma mesma partida. Foram 16 erros contra o Atlético-MG. O lateral esquerdo, aliás, lidera o quesito desde a primeira rodada da competição e já tem mais de 30 passes errados a mais do que o segundo colocado. Precisa caprichar mais.

 

Por falar em capricho, não dá para dizer que não teve o Botafogo, que fechou a rodada na segunda. Foram 18 cruzamentos certos contra o Avaí, mas nenhum deles serviu para balançar as redes. Mais um time que cruzou muito e perdeu em casa (ainda que tenha tido o melhor índice de acertos da competição).

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe

Com a ajuda dos sites Footstats, WhoScored e S...

Leia mais

VAR no Brasil: problema não é quando, é como

Com a ajuda dos sites Footstats, WhoScored e S...

Leia mais

Galo dá passo importante em direção ao futuro

Com a ajuda dos sites Footstats, WhoScored e S...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta