Opinião
Os números do Brasileirão – Rodada 8
21 junho, 2017
0
, , , , , , , , ,

Com a ajuda dos sites Footstats, WhoScored e Sr Goool, é possível levantar alguns números a respeito do Brasileirão. E a ideia é tentar analisar alguns dos mais importantes aqui, rodada após rodada.

 

Pela primeira vez desde o início da competição, a rodada foi dos visitantes. Eles ganharam como nunca (5) e marcaram mais gols que em todas as outras rodadas (17). Dos times que jogaram em casa, o Vasco foi o único que conseguiu ganhar seu jogo. Curiosamente, tudo isto aconteceu na rodada com a melhor média de público da competição. Foram 17.857 torcedores por partida e só vascaínos voltaram para casa satisfeitos.

Apesar do bom público na oitava rodada, é importante olhar com carinho para o Atlético-GO. Fez seu quinto jogo em casa e pela terceira vez teve o pior público entre os 10 jogos. Desta vez, 3.294 pessoas pagaram para assistir à derrota para o Atlético-PR.

 

A rodada 8 do Brasileirão foi também a primeira sem nenhuma expulsão. Todos os times terminaram os jogos com 11 jogadores. Destaque para o Sport, que era o líder em faltas cometidas no Campeonato e desta vez foi o time menos faltoso, com apenas nove cometidas. Assim, fez do Atlético-GO o time que mais para o jogo até aqui (18,8 em média por partida).

 

Ainda sobre os times é possível destacar o Coritiba, primeiro time que empatou três seguidas na competição. É o único que foi mandante cinco vezes e ainda não perdeu jogando em casa. Nos últimos quatro jogos, inclusive, sequer foi vazado. Defesa quase tão boa quanto o Santos, o primeiro a completar quatro partidas sem sofrer gols na competição.

 

Individualmente, merecem destaque também: Richarlison, que se tornou o jogador que mais sofreu pênaltis na competição e segue ajudando Henrique Dourado a se isolar cada vez mais na artilharia. E também Gustavo Scarpa, que se aproveitou da ausência de Allione no Bahia para se tornar o jogador com mais passes para finalização no Campeonato. O destaque negativo é Lucas Pratto, que foi mal na pontaria contra o seu ex-clube chutando quatro bolas para fora e se tornou o jogador com mais finalizações erradas do Brasileirão (16). Só chuta menos a gol que Thiago Neves, do Cruzeiro.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

O “jeitinho brasileiro” do Grêmio é jogo sujo

Com a ajuda dos sites Footstats, WhoScored e Sr Go...

Leia mais

Benedetto e a dura realidade do esporte

Com a ajuda dos sites Footstats, WhoScored e Sr Go...

Leia mais

Campeonato Brasileiro no mundo da Lua

Com a ajuda dos sites Footstats, WhoScored e Sr Go...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta