Opinião
Postura de Lucas Lima é culpa só dele?
20 outubro, 2017
0
, , ,

O Santos voltou a jogar mal no Campeonato Brasileiro, ainda que o empate contra o Sport tenha mantido o time mesmo que na teoria, na briga pelo título. Com 50 pontos, está empatado com Palmeiras e Grêmio na segunda posição, todos nove pontos atrás do Corinthians. Já falamos aqui na terça-feira sobre o quão mal vem jogando o time de Levir Culpi, que inexplicavelmente segue somando pontos a cada rodada.

 

Lucas Lima, Santos, Sport

Futura Press

Depois de sair na frente no primeiro tempo, o Peixe sofreu até o fim quando levou um gol de empate que pareceu óbvio por muito tempo. O Sport teve pouco repertório ofensivo (quase uma regra na competição) e exagerou nas bolas cruzadas de qualquer jeito para a área, mas teve volume para empatar e virar. No desespero, quase foi derrotado no fim com Kayke perdendo chance clara e depois com o desperdício de um contra-ataque de cinco atacantes contra dois por parte do Santos.

O que mais chama a atenção negativamente no time de Levir Culpi é a reação às perdas de posse. É um time de transições defensivas lentas e de pouquíssima pressão na bola. E neste quesito, Lucas Lima é o “destaque”. Com contrato no fim e sem uma definição do futuro, parece ter um botão de desligar e ligar que é ativado muitas vezes ao longo do jogo. Com a bola, até busca se tornar opção e participar (só Vanderlei ficou mais tempo com a posse do que ele na Ilha do Retiro). Sem ela, nada parece estar acontecendo ao seu redor.

 

Lucas Lima não é regra mas também não é exceção. Em todos os jogos no Campeonato Brasileiro vemos algum jogador que se importa pouco em reagir às perdas de posse. Não faz pressão, não recompõe as linhas, não incomoda ninguém. Culpa só deles?

 

Ainda que os times brasileiros venham melhorando bastante nas transições defensivas, ainda falta método, capacidade e tempo para que treinadores consigam mudar a postura de alguns jogadores. Mas não é só isso. O entorno também prejudica. Os “amigos”, empresários, imprensa, tratam jogadores por aqui como crianças mimadas muitas vezes. E isto se reflete dentro de campo. Quando saem para jogar fora do país, sofrem mas normalmente mudam a postura. Ou não jogam. Aqui, dificilmente Lucas Lima perderá espaço no Santos até o fim do contrato.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Campeonato Brasileiro no mundo da Lua

O Santos voltou a jogar mal no Campeonato Brasilei...

Leia mais

Jô é a história do Corinthians campeão

O Santos voltou a jogar mal no Campeonato Brasilei...

Leia mais

Brasil, “país do futebol”?

O Santos voltou a jogar mal no Campeonato Brasilei...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta