Opinião
Rogério Ceni: o técnico certo na hora errada
3 julho, 2017
0
, ,

Durou pouco mais de seis meses a estreia de Rogério Ceni como treinador de futebol. Demitido nesta segunda, após mais uma derrota e a entrada do São Paulo na zona do rebaixamento, deixou o clube com menos de 50% de aproveitamento. Um trabalho que iniciou promissor, com ideias modernas, mas que não funcionou. Por culpa de todos.

 

Rogério Ceni, São Paulo, Técnicos

Globoesporte.com

Rogério Ceni não pareceu pronto para a função. Apesar de ideias modernas e de treinamentos bem montados, raramente conseguiu fazer seu time reproduzir em campo o que ele dizia nas entrevistas. O São Paulo da vida real nunca foi parecido com o dos sonhos do treinador. Mais do que isso: demorou para perceber que precisava fazer ajustes no seu modelo para tentar viabilizar uma melhora em termos de resultados. Não conseguiu.

Mas claro que não é ele o único culpado. Certamente não é nem o maior deles. A diretoria que esfacelou o elenco com vendas constantes e reforços de nível duvidoso, também errou ao apostar no treinador. Ainda que tenha tido mais paciência que o normal para o futebol brasileiro, é preciso entender que só o fez pois havia respaldo por parte da torcida para um técnico que é um dos maiores ídolos da história do clube. Convicção, só até a página dois.

 

Ainda que seja difícil imaginar Rogério Ceni treinando outros times, é possível imaginar que ele possa vir a ser um grande treinador. Se seguir o caminho dos estudos e principalmente, se tiver paciência para subir um degrau de cada vez. Não fez bem ao mito um salto maior que suas pernas na primeira oportunidade da carreira.

 

Se a ideia era apressar o início da carreira de um ídolo no comando do clube, o ideal era um cenário com uma equipe já formada e com menos trocas. Gerar novas ideias em um modelo inovador, com mudanças constantes no elenco é dificultar ainda mais um trabalho que já tinha muitas delas.

 

Eram quase 30 dias sem demissão de técnico na Série A do Campeonato Brasileiro. Rogério Ceni foi o 13º no ano. A sétima em 11 rodadas da competição.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Micale caiu no Horto

Durou pouco mais de seis meses a estreia de Rogér...

Leia mais

Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe

Durou pouco mais de seis meses a estreia de Rogér...

Leia mais

VAR no Brasil: problema não é quando, é como

Durou pouco mais de seis meses a estreia de Rogér...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta