Opinião
Segunda chance para Lucas Silva
31 Janeiro, 2017
0
,

É o típico negócio de ocasião que interessa a todos e que acontece com frequência no futebol mundo afora. Lucas Silva precisa recuperar confiança, futebol e condição física. O Real Madrid precisa que Lucas jogue. E o Cruzeiro (como qualquer outro clube brasileiro) tem espaço no elenco para um jogador jovem e talentoso, principalmente por ser formado no próprio clube.

 

lucassilva_volta_cruzeiro As garantias não são muitas. Lucas Silva teve problemas recentemente em exame físico para fechar acordo com o Sporting-POR por empréstimo. Quase não entrou em campo em 2016 (foram apenas 11 jogos, o último deles em abril). Vinha mantendo a forma física no Real Madrid em separado dos companheiros e ainda pairam dúvidas sobre o que de fato aconteceu com o jogador, que não conseguiu se firmar na Europa. Atuou apenas nove vezes pelo Real (quatro como titular) e na França, na passagem por empréstimo ao Ollympique, embora tenha atuado 33 vezes, foi duramente criticado por ser pouco participativo.

Mas o talento está ali. Lucas Silva tem apenas 23 anos e só não esteve na seleção olímpica, campeã em 2016, porque sua carreira perdeu o fio da meada. É um jogador elogiado desde a base por Rogério Micale, atual técnico da seleção sub-20. E teve passagens marcantes na base vestindo a camisa amarelinha.

 

Precisa recuperar, como disse no início do texto: condição física e confiança.

 

Nada melhor do que voltar para casa. Um clube que ele conhece muito bem e que o conhece também. Com 18 meses, um empréstimo longo, terá toda a condição de se readaptar, voltar com paciência e render o que se espera. Uma negociação, aliás, que se arrasta faz tempo. Embora tenha tido sondagens de outros clubes na Europa, o interesse do volante pesou na decisão. E esteve perto de ser concretizado ainda em 2016.

 

A segunda chance apareceu para o volante do Real Madrid que tem tudo para agarrar. Como fez o Cruzeiro, ao aceitar um ótimo negócio de ocasião, que dá opção muito interessante para Mano Menezes.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

O “jeitinho brasileiro” do Grêmio é jogo sujo

É o típico negócio de ocasião que interessa a ...

Leia mais

Benedetto e a dura realidade do esporte

É o típico negócio de ocasião que interessa a ...

Leia mais

Campeonato Brasileiro no mundo da Lua

É o típico negócio de ocasião que interessa a ...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta