Opinião
Tite fechou o leque
20 outubro, 2017
0
, , , , , ,

Quando o Brasil confirmou o primeiro lugar nas Eliminatórias, criou-se uma expectativa de que Tite poderia aproveitar as últimas rodadas para fazer testes e observações. Ainda que tenha rodado o grupo mais do que o de costume, pouco observou de fato. Tem um time na cabeça e foi ele quem entrou em campo salvo pequenos testes.

 

Tite, Seleção Brasileira, Convocação,

Pedro Martins/MoWa Press

Terminada a fase de jogos oficiais, criou-se mais uma vez a expectativa que os testes poderiam vir em amistosos. A primeira lista, divulgada no fim da manhã de hoje, deixa um recado claro: Tite já fechou o leque de opções para a Rússia. Entre os 25 convocados, nenhuma grande novidade. Quem ainda não foi chamado, precisará de um desempenho muito acima da curva para jogar na Rússia no ano que vem.

A lista de Tite deixa claro que salvo grande mudança, restam cinco vagas no grupo para o Mundial. Na lateral direita, Danilo que vem crescendo no Manchester City voltou a ser chamado e deve deixar Fágner para trás. Na defesa, Jemerson é cada vez mais favorito diante de Rodrigo Caio. Giuliano reaparece para brigar por uma vaga no meio com Arthur e Diego Ribas. O reserva de Neymar pode ser Douglas Costa, Taison ou até Diego Tardelli. E na frente, ainda que Firmino pareça um nome certo, Diego Souza ganha nova chance de mostrar que pode ser importante.

 

É claro que não é momento para fazer mudanças profundas na lista em nome da observação. Tite ainda tem pouco tempo à frente da seleção e precisa aproveitar cada dia de treino para reforçar e fortalecer o seu modelo de jogo. Mas alguns nomes poderiam ser observados mais de perto, pelo bom desempenho que vem demonstrando na Europa. Jorginho, Fabinho, Malcom e Richarlison mereciam pelo menos uma convocação antes de termos um grupo fechado. Até Willian José, de ótimo desempenho desde o ano passado na Espanha, poderia ser testado já que os indícios são de uma vaga em aberto na frente.

 

Tite se abraça ao seu grupo e vai apostar nele, ao que tudo indica, até o fim. Em 2010, Dunga também fechou seu leque com antecedência e acabou levando para a Copa uma seleção que nem de longe era a melhor possível. Não creio que vá acontecer desta vez, pois nenhum dos jogadores que estão sendo convocados dão hoje algum sinal de queda de rendimento (apenas oscilação natural, como no caso de Diego Ribas). Mas o risco existe. E em nome do modelo e do conjunto, o treinador parece disposto a correr.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Campeonato Brasileiro no mundo da Lua

Quando o Brasil confirmou o primeiro lugar nas Eli...

Leia mais

Jô é a história do Corinthians campeão

Quando o Brasil confirmou o primeiro lugar nas Eli...

Leia mais

Brasil, “país do futebol”?

Quando o Brasil confirmou o primeiro lugar nas Eli...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta