Opinião
Vitória esquece as saídas e acha saídas
2 fevereiro, 2018
0
, ,

O último fim de semana foi duro para o Vitória, que começou bem a temporada 2018. As saídas de Kieza e Trellez são baixas importantes com as quais Vágner Mancini vai ter que lidar. Ontem, diante do Ferroviário pela Copa do Nordeste, ele mostrou que tem alternativas para fazer o time seguir bem. A goleada por 4 a 1 poderia ter sido ainda maior tamanho o volume da equipe baiana em campo.

 

Vitória, Copa do Nordeste, Ferroviário,

Agência Estado

Antes de mais nada, claro, é preciso relativizar o nível dos adversários encontrados até aqui pelo Leão em 2018. Tanto na Copa do Nordeste quanto no Campeonato Baiano, a equipe ainda não encontrou sequer um adversário da Série B pela frente. É o risco de começar o ano com os torneios regionais. Ainda é cedo para se empolgar.

 

Mas sem os seus dois homens de frente, Mancini montou um time mais rápido. Yago e Juninho fizeram boa dobradinha com os laterais e Neílton assumiu de vez o protagonismo do time com muita liberdade para se movimentar (tem três gols e três assistências em cinco jogos na temporada). As ultrapassagens ficaram ainda mais fortes com a entrada de Rhayner (muito bem) no segundo tempo, com Yago passando para a lateral direita. Ainda que o setor tenha ficado exposto além da conta para um time que vencia com tranquilidade (saiu por ali o gol do Ferroviário).

 

O repertório não se resumiu apenas a velocidade pelos lados. O Vitória conseguiu chegar trocando passes por dentro, aproveitando a qualidade de Uilliam Corrêa e Fillipe Soutto. E também a bola aérea, nos dois gols do zagueiro Kanu. Foi um time dominante e insinuante.

 

É claro que diante de adversários mais fortes, o time precisará jogar de maneira diferente. Sabendo se fechar para explorar toda essa velocidade pelos lados. Hoje, é um time ofensivo e solto. E é um perigo imaginá-lo assim ao longo de toda a temporada. Mas o mais importante na noite desta quinta foi perceber que os jogadores que saíram já ficaram para trás. E Mancini parece pronto para lidar com quem ficou.

0

About author

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Rodada de degolas mostra que não mudamos nada

O último fim de semana foi duro para o Vitória, ...

Leia mais

Sequência de modelo é caminho para o Corinthians

O último fim de semana foi duro para o Vitória, ...

Leia mais

Vinicius Júnior, Diniz e o Brasil que torce contra

O último fim de semana foi duro para o Vitória, ...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta