Opinião
Volta entre Grêmio e Botafogo deve ser mais confortável para ambos
14 setembro, 2017
0
, ,

O primeiro duelo entre Botafogo e Grêmio pelas quartas de final da Copa Libertadores foi condicionado pelas circunstâncias e acabou não apresentando o cenário ideal para ninguém. Em casa, o Botafogo reativo de Jair Ventura tinha a obrigação de tomar as rédeas do jogo e sofreu com as transições. Fora de casa, o Grêmio de Renato Gaúcho teve desfalques importantes e sofreu com as ausências. Embora o empate sem gols seja bastante favorável aos visitantes de ontem, a verdade é que o jogo do Sul deve ser mais confortável para os dois.

 

Botafogo, Grêmio, Libertadores,

Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Se não foi um grande jogo tecnicamente, Botafogo e Grêmio fizeram um jogo de muita intensidade no Rio. Marcação forte no meio e em geral transições rápidas. Demorou para os gaúchos conseguirem diminuir o ímpeto e a velocidade da partida, algo que fazem com maestria e toques curtos. Só foi possível quando Arthur se soltou e tomou conta do meio-campo. Observado de perto por Tite e por empresários ingleses, teve atuação de alto nível e mostrou-se pronto para subir de patamar na carreira.

Faltou ao Botafogo alguém como Arthur. Ainda que Jair tenha apostado em um meio de toque mais qualificado com as presenças de Matheus Fernandes e João Paulo, o time sofreu para sair de trás. Victor Luis fez falta pela qualidade na saída pela esquerda, mesmo que Gilson tenha feito bom jogo e sofrido pênalti ignorado pela arbitragem ruim. A rigor, os donos da casa não conseguiram uma chance real de gol, não finalizaram na direção correta uma vez sequer e não saíram derrotados graças ao gol que Joel Carli salvou em cima da linha.

 

Mas mesmo com o empate em casa sai muito vivo para o jogo da próxima semana. No Sul, com a necessidade de vencer e possivelmente com Michel, Luan e Geromel, o Grêmio deve se soltar mais. Ocupar o campo de ataque e oferecer ainda mais riscos ao Botafogo. É o favorito. Mas vai precisar de 90 minutos de intensidade e atenção. Porque desta vez, o Botafogo terá espaço para as suas transições rápidas, explorando principalmente a velocidade de Pimpão. Um gol dos cariocas no Sul pode mudar completamente o cenário, em uma noite em que ambos ficarão mais confortáveis para jogar como gostam.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Botafogo chegou ao limite, Grêmio pode chegar mais longe

O primeiro duelo entre Botafogo e Grêmio pelas qu...

Leia mais

VAR no Brasil: problema não é quando, é como

O primeiro duelo entre Botafogo e Grêmio pelas qu...

Leia mais

Galo dá passo importante em direção ao futuro

O primeiro duelo entre Botafogo e Grêmio pelas qu...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta