Opinião
Zé Roberto, um gigante
28 novembro, 2017
0
, , , , , , , , ,

Aos 43 anos (23 dedicados ao futebol profissional), Zé Roberto fez ontem o seu último jogo na Arena Palmeiras. Vai se despedir dos gramados no fim da temporada. Sem títulos em 2017, mas cheio de marcas em uma carreira espetacular. Jogou muito, em qualidade e quantidade.

 

Zé Roberto, Palmeiras,

Palmeiras-Divulgação

Campeão Brasileiro, Espanhol e Alemão. Campeão da Copa do Brasil, da Copa da Alemanha e da Supercopa da Espanha. Da Champions League, da Copa América e da Copa das Confederações. Jogou duas Copas do Mundo e foi, para mim, o melhor jogador brasileiro na Copa do Mundo de 2006.

Meia, ponteiro, volante, lateral esquerdo. Ainda que tenha caído bastante em 2017, é possível dizer que encerrou a carreira em grande estilo. Em 2014 foi o melhor lateral esquerdo do país, pelo Grêmio. É o jogador mais velho a ganhar o título nacional e também o mais velho a balançar as redes no Campeonato Brasileiro.

 

Um exemplo de profissional e um gigante dentro e fora de campo. Carregou uma carreira recheada de bons exemplos. Foi fundamental para que o Palmeiras acreditasse no projeto grandioso da nova diretoria e da patrocinadora.

 

No seu jogo de despedida, apenas um passe errado e muita entrega. Correu como sempre, o tempo todo. Até depois do apito final, com direito a volta olímpica.

 

Zé Roberto deixou seu nome marcado por onde passou e não poderia ser diferente no Palmeiras. Um exemplo de atleta, em todos os aspectos que esta palavra envolve. Fará falta dentro do campo. Mas tem todos os requisitos para ainda oferecer muito ao futebol brasileiro fora dele.

0

Sobre o autor

Itens relacionados

/ Você também pode verificar esses itens

Único vexame do Flamengo foi fora do campo

Aos 43 anos (23 dedicados ao futebol profissional)...

Leia mais

Grêmio e a superação na final do Mundial

Aos 43 anos (23 dedicados ao futebol profissional)...

Leia mais

Brasileirão de Aspirantes é necessário

Aos 43 anos (23 dedicados ao futebol profissional)...

Leia mais

0 comentários

Deixe uma resposta