Posts Tagged: Internacional

Opinião
Nem começou o Brasileiro e já perdemos quase quatro meses
22 abril, 2019
0
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Voltando ao blog depois de muito tempo sem tempo para tratar mais uma vez do calendário. É difícil entender como o principal campeonato do país vai começar apenas no fim do quarto mês do ano e ainda assim os nossos times tem tão pouco tempo para treinar e se preparar. O calendário é um buraco […]
Marcação Tática
Pré-Temporada: Internacional
18 janeiro, 2019
0
,
No futebol, em geral, o inimigo mora ao lado. Mas muitas vezes os bons exemplos também. Depois de cair em desgraça e jogar a segunda divisão, o Internacional parece ter percebido seus erros e faz como o rival para competir em um mercado desigual. Planejamento, pés no chão e sequência. Foi assim em 2018 quando […]
Opinião
Não é só técnicos que trocamos além da conta
24 agosto, 2018
0
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Me lembro de no início do ano em uma entrevista com Enderson Moreira, então técnico do América, quando perguntei a ele sobre a baixa qualidade do jogo aqui no Brasil que um dos motivos levantados pelo treinador foi o excesso de mudança pelos quais os times passam. Não só técnicos, mas elenco também. Desde então, […]
Opinião
Como chegam os times para o Brasileirão?
13 abril, 2018
0
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Após meses de insuportáveis campeonatos estaduais, finalmente começará para valer a temporada do futebol brasileiro. Se agora os desafios de 2018 começam para valer, como será que se saíram os times até aqui? O Marcação Cerrada fez um levantamento completo da campanha dos 20 times da Série A na temporada e agora você sabe como […]
Marcação Tática
Pré-Temporada: Internacional
14 janeiro, 2018
0
,
Uma das grandes decepções do futebol brasileiro em 2017 foi o Internacional. Não conseguiu ficar com o título da Série B mesmo investindo mais de dez vezes o valor que o campeão, América. Raramente encantou e muitas vezes sofreu para dominar adversários muito mais fracos. Subiu porque era impossível pensar que pudesse acontecer algo diferente. […]